quinta-feira, 17 de julho de 2008

Já bebeu o "Vinho dos Mortos"???

Pois é! O viticultor português Armindo Sousa Pereira, que já produzia o inusitado vinho há alguns anos, obteve recentemente a certificação de denominação de origem "Vinho dos Mortos", uma subdivisão da classe Vinho Regional Transmontano. E ele é, hoje, o único produtor autorizado a utilizar essa denominação.

O fúnebre nome surgiu em virtude da segunda invasão de Portugal por tropas francesas, ocorrida em 1807. Na ocasião, os portugueses enterraram, no chão das adegas, diversas garrafas de vinho, para escondê-las dos franceses.

Após a expulsão dos franceses, os vinhos foram desenterrados e muitos acharam que eles estivessem estragados. Mas descobriram que, além de não estarem estragados, tinham adquirido novos sabores e características.

"É um vinho com uma graduação de 10 a 11 graus, palhete, apaladado, e com algum gás natural, resultante da fermentação no escuro e a uma temperatura constante", explica o viticultor que, anualmente, enterra as garrafas entre março e abril e as desenterra entre julho e agosto.

Fonte: RTP - Foto: provia_17 / Robert

3 comentários:

  1. Jean Rodrigo Vicentequinta-feira, julho 17, 2008

    MUito interessante essa nova denominação portuguesa. Jé havia ouvido falar desses vinhos a algum tempo, mas nunca provei nenhum deles. Voces sabem se existe algum importador desse vinho aqui no Brasil?? Certa vez também vi um vinho que ficava armazenado no fundo do mar antes de ser vendido.Seria um outro tópico legal para o site. Grande abraço. Jean (Fórum degustação de vinhos)

    ResponderExcluir
  2. Caro Jean,

    Obrigado pelo comentário!

    Não tenho notícia, pelo menos por enquanto, de importação desse vinho aqui no Brasil. Boa sugestão sobre um novo tópico!

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. BOM dia

    O VINHOS DOS MORTOS somente se venda directo no Produtor em BOTICAS - Trás-os-Montes ou na LOJA online ofical do produtor em
    http://Vinhodosmortos.paravenda.com mas é necessário registar-se para comprar

    atentamente
    João Vaz
    CEO
    http://vinhos.paravenda.net

    ResponderExcluir