terça-feira, 26 de maio de 2015

A convite da Inovini, Ernst Loosen, proprietário das vinícolas alemãs Dr. Loosen e Villa Wolf chega ao Brasil

Considerado um dos mais importantes viticultores da Alemanha e o Rei da uva Riesling, Loosen visita o mercado brasileiro até o dia 28 de maio.

mais de duas décadas à frente da vinícola de sua família, a Dr. Loosen, representada no mercado brasileiro pela Inovini, divisão de vinhos da importadora Aurora, Ernst Loosen que estará no Brasil entre os dias 23 e 28 de Maio, revolucionou os vinhos alemães no mercado mundial, tendo conquistado importantes prêmios da área, tais como o “Melhor Produtor Alemão” (revista Wine & Spirits, 2007) e o “Homem do Ano” (revista Decanter, 2005). 

Multicompetente vitivinicultor, comerciante e marketeiro, o embaixador (não oficial) do vinho alemão, principalmente da Riesling, uva símbolo da Alemanha, Loosen produz vinhos que representam o que há de melhor na bela Bernkastel, na região de Mosel considerada a mais antiga região vinícola alemã. São vinhosomplexos, exóticos e elegantes que mesclam tradição e modernidade e vêm  conquistando o mercado mundial.
Sobre a Dr. Loosen
A vinícola Dr. Loosen pertence à família de Ernst há mais de 200 anos, onde o arqueólogo por formação cresceu em meio aos vinhedos e às ruínas romanas da região. Assumindo os negócios da família no final da década de 80, Ernst concluiu que os 20 hectares de vinhedos com 60 anos de idade - plantados em “pé franco” (enraizamento direto sem porta-enxerto) - revelavam o real gosto do terroir rico em ardósia do vale do rio Mosel, um dos melhores da Alemanha. Ou seja, detinham todos os requisitos para produzir vinhos intensos, complexos e de classe mundial. 

Para atingir esse objetivo, Ernst reduziu dramaticamente a produção de seus vinhedos para 200 mil garrafas ano e substituiu todos os fertilizantes químicos por orgânicos. Também adotou novas práticas de vinificação com mínima intervenção tecnológica.

Sua vinícola faz parte do roteiro enoturístico dos melhores vinhos europeus e atrai degustadores profissionais e amantes do bom vinho há décadas. E Ernst faz questão de estar presente, o que faz dele uma figura muito conhecida e querida no meio.
Vinhos em destaque
“Dr. L” Riesling Trocken Qba 2013- Um Riesling seco, cítrico, de cor amarelo-palha claro, brilhante e com reflexos esverdeados, que expressa perfeitamente as características da região, com toques florais, críticos e minerais para se beber gelado como aperitivo ou acompanhando pratos leves do verão. Preço sugerido: R$ 69,00

Dr. Loosen Riesling Kabinett "Blue Slate" 2013 - Um Riesling semi-seco, de 50% de vinificação em tonéis de carvalho francês e 50% em tanques de aço inox. De cor amarelo-palha, com reflexos esverdeados, tem doçura sutil e acidez vibrante com toques minerais, cítricos e um final de anis. Ideal para se beber gelado como aperitivo ou para acompanhar pratos leves, como saladas, peixes e frutos do mar grelhados, peixes defumados ou levemente picantes. Preço sugerido: R$ 126,00

Dr. Loosen "Erdener Treppchen" Riesling Spätlese 2011 - Um Riesling semi-doce de produção limitada, de 50% de vinificação em tonéis de carvalho francês e 50% em tanques de aço inox. Spätlese significa colheita tardia, ou seja, as uvas são colhidas duas semanas depois do período normal para o vinho atingir maior densidade e complexidade do que os Kabinett. Este Spätlese vem de um verdadeiro vinhedo grand cru, o Treppchen, situado na vila de Erden, de solo rico em compostos ferrosos e ardósia vermelha. Um Riesling complexo, de cor amarelo claro, com notas cítricas de limão, damasco e minerais. Ideal para se beber gelado como aperitivo ou com peixes defumados, pratos condimentados e picantes, pratos agridoces e sobremesas (não muito doces) com maçã. Preço sugerido: R$ 198,00

Dr. Loosen "Ürziger Würzgarten" Riesling Auslese 2008 - Um Riesling doce de 50% de vinificação em tonéis de carvalho francês e 50% em tanques de aço inox. Ürziger Würzgarten significa “Jardim de Especiarias de Ürzig”. Trata-se de um verdadeiro vinhedo grand cru, situado na vila de Ürzig, plantado sobre solo vulcânico vermelho e rico em ardósia, único no Mosel. Nele estão vinhas mais velhas da Dr. Loosen, com até 120 anos em pé-franco. Este é um Auslese (de colheita tardia) de produção limitada. De cor amarelo claro tem perfeito equilíbrio entre acidez e doçura (cítrico com notas de mel); textura densa, mas com vibrante frescor. Ideal para se beber gelado como aperitivo ou com peixes defumados, pratos condimentados e picantes, pratos agridoces e sobremesas com frutas (strudel, tarte tatin). Preço sugerido: R$ 159,00

Sobre Villa Wolf

A Villa Wolf está localizada na região de Pfalz, no distrito de Wachenheim, centro de uma zona conhecida como Médio Haardt. O Pfalz situa-se entre as montanhas Haardt e o rio Reno, e é vizinho da Alsácia. As montanhas Haardt protegem a região do rigor do clima Atlântico norte, fazendo dessa região uma das mais quentes e secas da Alemanha. Portanto, atingir a maturação plena é bastante comum para as uvas do Pfalz.

Fundada em 1756, a Villa Wolf foi uma vinícola muito bem sucedida e respeitada por mais de dois séculos. Nos últimos anos do século XX, porém, carecia de uma mão firme a guiar sua produção. Ninguém melhor do que Ernst Loosen para tal empreitada!

Em 1996, Ernst adquiriu a Villa Wolf e implementou medidas para resgatar a vocação de qualidade e o prestígio dos vinhos dessa casa. Assim como na propriedade de sua família no Mosel, Ernst encontrou o desafio de revitalizar uma vinícola dormente, mas abençoada por vinhedos antigos e de alta qualidade. Desta maneira, o sucesso era apenas questão de tempo e Ernst pôde complementar seu portfólio de Rieslings minerais e delicados do Mosel, com uma gama de tintos, roses e brancos mais encorpados e típicos do Pfalz.

E os reconhecimentos não tardaram a chegar. O Villa Wolf Pinot Gris 2012 foi listado no “Top 100” da Wine Enthusiast, 2014.

Para o sucesso, Ernst conta com o apoio de uma competente equipe, incluindo o jovem enólogo Patrick Möellendof. Profissional que está com Mr. Loosen há mais de dez anos e que foi relacionado pelo periódico The Drinks Business, como um dos trinta enólogos abaixo de 40 anos que merecem atenção.

Vinhos em destaque
Villa Wolf Pinot Gris Qualitätswein Trocken 2013 - A Pinot Gris é também conhecida na Alemanha como Grauburgunder ou Ruländer e é uma cepa típica na região de Pfalz. Em busca de maior profundidade e complexidade, metade do vinho é fermentada e amadurecida em grandes tonéis de carvalho neutro. A outra metade é fermentada e amadurecida em tanques de aço inox para preservar o frescor e a intensidade da fruta. De cor amarelo claro e brilhante, este vinho tem no aroma, notas de fruta cítrica madura, como kiwi, lima, limão e maçã, pera e melão maduros, e uma delicada nuança de levedura. Na boca é seco, com boa densidade, frescor e saboroso final. Delicioso como aperitivo ou para acompanhar os pratos leves do verão, como saladas, peixes e frutos do mar grelhados. Preço sugerido: R$ 69,00

Villa Wolf Rosé 2013 - A região do Pfalz é uma das mais ensolaradas da Alemanha e, por esta razão, tem tradição na produção de Pinot Noir. Lá ela é chamada de Spätburgunder. Aqui temos um vinho raro no Brasil, um Pinot Noir Rosé, que se mostra cheio de charme, delicado e fresco. De cor rosa-salmão claro e brilhante, tem aroma frutado como os bons rosés europeus; emana notas de morango fresco, cereja madura, ervas aromáticas, flores e um toque terroso. Na boca, é leve com muita fruta vermelha fresca, acidez vibrante e textura macia com final de boca refrescante de ótima concentração de fruta e persistência. É perfeito como um aperitivo ou para acompanhar saladas, queijos de massa mole, peixes, frutos do mar, carnes brancas, massas leves, rosbife, pratos levemente picantes ou com frutas. Preço sugerido: R$ 69,00


Villa Wolf Pinot Noir Qualitätswein 2012 - Um típico Pinot Noir europeu, delicado e refrescante. De cor vermelho-rubi translúcido, tem aroma superfrutado que revela notas de morangos frescos, cereja negra, toque de especiarias e nuanças defumadas e terrosas. O sabor é suculento e fluído, com médio corpo, gostosa acidez, taninos sutis e macios, sabores de fruta vermelha fresca e especiarias, terminando fresco e com boa persistência. Acompanha bem pratos de aves de carne escura, como pato e codorna, bem como com carnes vermelhas grelhadas e queijos de massa mole. Preço sugerido: R$ 69,00

domingo, 17 de maio de 2015

Aprenda como pronunciar os nomes de vinhos franceses!!!

Há alguns meses, tomei contato com um vídeo muito interessante no blog Les Vins et Les Autres, do André Logaldi. Aliás, um blog cujo conteúdo é de profundidade incomum. Não deixe de visitar!

Voltando ao vídeo, trata-se de uma compilação de pronúncias de nada menos que 241 vinhos (aí inclua-se denominações de origem). Muito útil para quem não quer fazer feio na hora de falar os rebuscados nomes franceses.

No vídeo abaixo, você pode ouvir as pronúncias acompanhadas de uma indicação que mostra que parte da palavra está sendo dita. O vídeo tem quase uma hora de duração, mas é possível buscar um termo específico, a partir da barra de rolagem do youtube. As miniaturas ajudam bem nesta tarefa.

Claro que as pronúncias podem dar margem a algum tipo de discussão. Cito o exemplo de Montrachet. No vídeo, pronuncia-se o primeiro"t". Já estive in loco e eles não pronunciam. Já em Paris, sim! Tive a oportunidade de conversar com uma pessoa do BIVB que me disse que a questão é de sotaque mesmo. Eu procuro sempre utilizar a pronúncia empregada na região.

domingo, 19 de abril de 2015

Próxima edição do Chefs nos Eixos será no Eixo Monumental e conta com diferentes pontos de venda de vinhos e espumantes

Chefs nos Eixos 3 chega para celebrar os 55 anos de Brasília 

Ele está de volta. E desta vez para entrar para a agenda oficial dos eventos em comemoração ao aniversário de Brasília. Nossa cidade vai completar 55 anos e, para celebrar a nova idade, nada melhor que comida boa!

Depois do sucesso da segunda edição, em 1º de março deste ano, quando reuniu aproximadamente 50 mil pessoas no Eixão Norte, e vendeu quase 100 mil pratos, o Chefs nos Eixos volta à cena da capital. A terceira edição do evento vai tomar conta do Eixo Monumental, entre a Funarte e o Clube do Choro, no dia 26 de abril, das 10h às 20h. O número de quiosques aumentou. Passou de 48 para 72 e o de food trucks, de 10 para 14. Serão 86 pontos de venda onde o público poderá apreciar criações de chefs novatos e veteranos da cidade pagando R$ 10, R$ 15 ou R$ 20. 

Esqueça os tradicionais quitutes encontrados pelas feiras de rua. No lugar do cachorro-quente, risotos. Em vez de churrasquinho ou pastel, Ceviche. Essa é a proposta do Chefs nos Eixos, priorizar receitas mais elaboradas criadas por chefs da nossa cidade com valores acessíveis.

Para acompanhar esses deliciosos e variados pratos, vinhos e espumantes serão servidos também a preços acessíveis.

Decanter Brasília irá oferecer 4 espumantes da linha Bossa, Brut, Rosé, Demi-Sec  e Moscatel a R$ 10 a taça. Além deles haverátambém o Lirica Brut R$ 15 e os premiados Ferrari Brut e Ferrari Rosé a R$ 20. O Vinho servido será o Las Moras Malbec a R$ 10 a taça.


Casa Valduga terá os espumantes (taça) Domno Nero Celebration R$ 5, Casa Valduga Arte Rosé R$ 10 e Casa Valduga Moscatel R$ 10. Os vinhos servidos são Casa Valduga Chardonnay R$ 10, Argento Malbec R$ 10 e Duetto Cabernet/Merlot R$ 10.
E o Wine Moving com Vinhos e Espumantes em taça (rótulos variados, com ênfase nos espumantes produzidos no Brasil) - uma taça de vinho ou de espumante 10,00 e 15,00.
Na edição Eixo Monumental, o público poderá conhecer e experimentar novas opções de pratos, de diversos estilos, além de uma grande variedade de sobremesas, sorvetes, sucos e drinques. Ao todo, serão oferecidas ao público mais de 250 mil opções gastronômicas nos 86 pontos de venda. 
Pela primeira vez, o evento se estenderá até as 20h, duas horas a mais que nas edições anteriores. A facilidade de estacionamento também merece destaque na edição Eixo Monumental, que contará com vagas nas áreas externas do Estádio Mané Garrincha, da Torre de TV e do Parque da Cidade, sob a coordenação do DETRAN e da Polícia Militar.
Veja quem estará no Chefs nos Eixos – Eixo Monumental:

Agenor Maia (Olivae); Alexandre Albanese (Nossa Cozinha Bistrô); Alexandre Faeirstein (Kojima); Ana Toscano (Villa Borghese); Arthur Gulfi e Maikell Fontenelle (Piacere); Anderson Yotsumoto e Fabien Helleu (Kaza Chique); Avener Vieira (Paradiso Cine Bar); Claude Capdeville (Toca do Chopp); Daniela Loyola (Confeitaria Francesa); David Lechtig (El Paso); Diego Jacob (personal chef); Dine Hinz (personal chef), Duarte Neto (Dolce far Niente); Dudu Camargo (Dudu Bar, Dudu Bar Lago e Respeitável Burger); Eliza Sun Zulato (Grande Muralha); Emerson Mantovani (Trio Gastronomia); Euler Lima (Nazo Sushi); Evandro Viana (Piauíndia); Fernando La Rocque (Carpe Diem); Fillipe Alves (Pousada Casa das Flores – Alto Paraíso - e Best Chef); Flávio Leste (Villa Tevere); Francisco Dantas (Mesclattino Café e Sorvete); Gil Guimarães (Baco, Parrilla Madrid e Choripán del Firmino by Parrilla Madrid); Guillaume Petitgas (La Boulangerie); Gustavo Maragna e Luiz Lira (Brasilianos); José Luiz Paixão (BalcoNY 412); Leandro Nunes (Jambu); Leninha Camargo (Empório Leninha Camargo); Lídia Nasser (Empório Árabe); Lidiane Barbosa (DuoO); Luciana Andrade (La Bonne Fondue); Lui Veronese (Cru Balcão Criativo); Mara Alcamim (Universal Diner); Marcella Pinho (Mãe & Filha Ateliê); Marcello Piucco (El Negro); Marcelo de Mello (Café Savana); Márcia Latão (Quitanda Fácil); Myriam Carvalho (Sanfelice); Nildo Mendes (Koi Zushi); Nilson Favacho (Oliver); Nina Sá (Spring Now); Paulo Mello (Dona Lenha); Pedro Coe (Doca Gastronomia e Bálsamo Spa); Rafaela Jardim (Nolita Coffee & Fun); Renata Carvalho (Ancho Bistrô de Fogo e Loca como tu Madre); Renata Mandelli (Renata Mandelli Art&Food); Rodrigo Almeida (personal chef); Roge Marques (Cartolaria); Ronaldo Vieira (Abbondanza Buffet); Rosario Tessier (Trattoria da Rosario); Sérgio Camargo (Mr. Dart); Tatiana Lisboa (personal chef); Tatiane Miranda (Crêpe Royale); Ticiana Werner (Ticiana Werner Restaurante & Empório); Tonico Lichtsztejn (personal chef); Venceslau Calaf (Calaf); Ville della Penna (Piccolo Emporium); William Chen Yen (personal chef).  


Food Trucks
Bistruck; Braz Bier; Corina; Dozai Urban Food; Hamburgueria do Cheff; Ice Truck Zagaia; Los Kactus Paleteria; Naked Barbecue; Ribs on the Truck; Sucopira; Tony’s American Street Food; D’Macarons; Burger Truck e Arroz Carreteiro. 




CHEFS NOS EIXOS

Data: 26 de abril (domingo)
Local: Eixo Monumental (entre a Funarte e o Clube do Choro);
Valor dos pratos: R$ 10, R$ 15 e R$ 20
Horário: das 10h às 20h


Fotos: Rafael Lobo

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Enoteca Decanter Brasília e Art du Vin realizam Malbec World Day no Dom Francisco

Amanhã ocorrerá o Malbec World Day em diversos países do mundo. Em Brasília, o lugar escolhido foi o restaurante Dom Francisco do Park Shopping. Confira:

domingo, 12 de abril de 2015

Curso WSET Nível 1 em Brasília no dia 25 de abril

A Enoteca Decanter de Brasília recebe o curso WSET nível 1 no próximo dia 25. Ainda há vagas!  Desconsidere a menção ao dia 10 de abril como limite para as inscrições. Confira:

sexta-feira, 13 de março de 2015

1º Encontro Franco-brasileiro de Vinhos Naturais - Rio de Janeiro e São Paulo

Não perca a oportunidade de provar vinhos naturais franceses e brasileiros! 

A feira ocorre no dia 30 de março no Rio de Janeiro (no restaurante Aprazível, em Santa Teresa) e em 02 de abril em São Paulo (no Espaço Coleção Particular, em Pinheiros). 

Haverá, ainda, 2 jantares harmonizados. No dia 31 de março, será no restaurante Casa Vieira Souto, em Ipanema, no Rio. No dia 1º de abril, será no restaurante Bravin, na Consolação, em São Paulo.

sábado, 7 de março de 2015

Expovinis Brasil tem sua 19ª edição de 22 a 24 de abril


EXPOVINIS BRASIL


Grande evento do vinho na América Latina movimenta os negócios do setor em sua 19ª edição

* ExpoVinis Brasil anuncia novidades em 2015: as Degustações Premium agora terão entrada gratuita para convidados e profissionais do setor
* Dr. Wine e Palestras Gratuitas são novos projetos direcionados a iniciantes no mundo do vinho

Período de grandes negócios e novidades no mundo do vinho, o mês de abril tem destaque no calendário de produtores, importadoresenófilos e demais players do setor vitivinícola, que se reúnem em São Paulo para o principal evento de vinhos da América Latina: o ExpoVinis Brasil. A 19ª edição do evento acontece no Expo Center Norte entre os dias 22 e 24 de abril, quando mais de 10 mil pessoas devem visitar a feira, que traz lançamentos nacionais e internacionais em tintos, brancos, rosés e espumantes.

“O ExpoVinis é uma feira consolidada, que há quase 20 anos reúne no Brasil produtores e visitantes de todo o mundo. É um momento importante para o mercado, quando temos a oportunidade de apresentar as novidades e discutir o setor. Um dos nossos objetivos é manter a alta qualificação do público do evento, parte da nossa estratégia em 2014, ano em que recebemos uma quantidade elevada de profissionais de restaurantes e bares, importadores, distribuidores, atacadistas, varejistas e, claro, especialistas”, resume Ana Ishida, show manager do evento.
Abrangendo cada vez mais a cadeia que integra o mercado, em 2015 o ExpoVinis Brasil apresenta novos eventos paralelos e também outras atividades de grande êxito em edições anteriores, caso do Top Ten, o aguardado concurso que elege os melhores vinhos do evento, e das Degustações Premium, que trazem provas temáticas conduzidas por grandes nomes do setor e em 2015 serão gratuitas (para convidados e profissionais do setor).

Em breve serão divulgadas as informações sobre as inscrições, degustações programadas e especialistas que conduzirão cada uma das provas, mas o ExpoVinis já adiantou uma novidade em sua grade oficial: de Londres vem o único Master of Wine brasileiro, Dirceu Vianna Junior – MW (foto), que irá comandar a palestra ‘Ferramenta de vendas usadas em países europeus: como vender vinhos em um mercado competitivo’. Dirceu Vianna – MW é um dos poucos a ostentar o cobiçado título de ‘master of wine’, concedido pela tradicional escola britânica Wine & Spirit Education Trust. Desde a criação do curso, na década de 50, pouco mais de 300 pessoas conseguiram concluí-lo.


O ExpoVinis Brasil também volta a realizar um dos mais aguardados concursos de vinhos do Brasil e importante “guia” para quem visita a feira: o Top Ten. Anualmente a prova elege os melhores rótulos da feira em dez categorias: Espumante Nacional, Espumante Importado, Branco Nacional, Branco Importado, Rosado, Tinto Nacional, Tinto Novo Mundo, Tinto Velho Mundo (que pela primeira vez foi dividida nas subcategorias ‘Península Ibérica’ e ‘Itália, França, entre outros’) e Fortificados e Doces.

O júri, formado por importantes nomes do mundo do vinho, é presidido pelos consultores Jorge Lucki – único membro brasileiro da tradicional Académie Internationale du Vin – e José Ivan Santos, autor de livros sobre o setor – como ‘Conheça Vinhos’, escrito em parceria com Dirceu Vianna Jr. O resultado será divulgado na manhã do dia 22 de abril, primeiro dia da feira.

Dr. Wine e Palestras Gratuitas

Entre as novas atividades paralelas estão os projetos Dr. Wine e as Palestras Gratuitas. Desenvolvido para atender profissionais iniciantes ou que não tenham consultoria de especialistas para montar uma carta de vinhos, o Dr. Wine possibilita ao visitante marcar dia e horário para apresentar sua carta de vinhos aos consultores do evento, que darão dicas e sugestões para compor a carta de restaurantes, pizzarias e bares.

Já os consumidores e visitantes iniciantes no mundo do vinho são o público esperado nas Palestras Gratuitas, uma inovação em 2015: pela primeira vez serão realizadas apresentações com temas menos aprofundados. A programação está sendo desenvolvida em parceria com a Eno Cultura (Educação em Vinhos e Destilados).

Também com foco no consumidor e no profissional iniciante, acontecerá, diariamente, o 1º Glass Tasting Riedel. A marca de taças, mundialmente reconhecida, fará demonstrações de como uma taça pode influenciar na degustação de diferentes tipos de uvas e onde a forma (tamanho do bojo e diâmetro da borda) pode alterar significativamente o vinho, interferindo na percepção de seus aromas.

Em breve serão divulgados os detalhes para agendamento das reuniões, horários das palestras e disponibilidade para inscrições por meio do site do evento: www.expovinis.com.br.

“Além de um mediador na concretização de negócios entre produtores e potenciais compradores, nosso objetivo também é fazer do ExpoVinis uma ferramenta para a democratização do consumo e da venda de vinhos. Com a criação de projetos como o Dr. Wine e as Palestras Gratuitas preparamos cada vez mais as pessoas e contribuímos com o crescimento e a qualificação do setor”, conclui Ana.

Shuttle service
Em 2015 o evento volta a oferecer um serviço inaugurado no ano passado: o shuttle service, traslado gratuito da estação de metrô Portuguesa-Tietê ao Expo Center Norte, e do local do evento até a estação. O transporte começa a operar às 12h30 saindo do metrô para o pavilhão, e o trajeto Center Norte-estação começa a operar às 14 horas. O último shuttle sai às 21h30 do centro de exposições.

Últimas áreas disponíveis para participação. As empresas interessadas devem entrar em contato pelo e-mail comercial.expovinis@informa.com ou pelo telefone (11) 3598.7836. Mais informações sobre o evento em www.expovinis.com.br.
  

SERVIÇO
ExpoVinis Brasil 2015 | 19º Salão Internacional do Vinho
22 a 24 de abril
Expo Center Norte – Pavilhão Azul – Vila Guilherme – São Paulo
Informações, credenciamento visitantes e novidades: www.expovinis.com.br
Facebook: ExpoVinis Brasil | Twitter: @expovinis | Instagram: @expovinisbrasil
E-mail: visitante.fev@informa.com | Telefone: (11) 3598-7800

O primeiro dia do evento será reservado exclusivamente para profissionais do setor.

Horário: das 13 às 21 horas para profissionais do setor nos dias 22 e 23 de abril, e das 13 às 20 horas no dia 24 de abril. Aberto ao consumidor final das 17 às 21 horas no dia 23 e das 17 às 20 horas no dia 24 de abril.

Shuttle Service/Transfer gratuito no trajeto Expo Center Norte-Estação Portuguesa/Tietê e estação Portuguesa/Tietê-Expo Center Norte estará disponível todos os dias do evento.

Entrada franca para profissionais do setor (necessário apresentar identidade ou CPF e comprovante profissional). Aconselhável credenciamento prévio para evitar filas: www.expovinis.com.br/pt/visitar/profissional-do-setor/credenciamento

Não é permitida a entrada de menores de 18 anos. Necessário apresentar carteira de identidade. Não é permitida a entrada de pessoas trajando bermudas, camisetas regata e/ou chinelos.

Os ingressos para Consumidor Final, podem ser adquiridos na bilheteria do evento ao custo de R$ 150,00 ou antecipadamente pelo site www.expovinis.com.br. Cada ingresso de consumidor final dá direito a uma taça de cristal.

Estudantes de Hotelaria, Gastronomia, Enologia e cursos de sommelier pagam meia-entrada e não inclui taça (necessário apresentar identidade e comprovante do curso que não seja carteirinha de estudante): Custo do ingresso R$ 75,00 no local do evento.


Para adquirir taça avulsa (na entrada da feira): R$ 50,00

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Série de degustações no Ticiana Werner

No último dia 9, estive na primeira de uma série de degustações que estão a ocorrer no restaurante Ticiana Werner, em Brasília, com vinhos da Importadora Del Maipo. São 5 rótulos, sendo 1 espumante, 1 branco e 3 tintos. Gostei muito do Figuero e do D. Fuas.

Quem participa ainda pode provar os ótimos antepastos colocados. 

As reservas podem ser feitas online, no site www.ticianawerner.com.br.

Confira a programação:


domingo, 15 de fevereiro de 2015

"A YEAR IN CHAMPAGNE": Veja o trailer!

Seguindo a lógica de "A Year In Burgundy", o filme "A Year In Champagne" conta um pouco da história e da magia desse vinho mítico! O filme estará disponível em salas estrangeiras e no iTunes (loja virtual da Apple) em 6 de março de 2015!

Confira o trailer:

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Milionária doa vinhos em restaurantes na região de San Francisco

Uma milionária americana, da região de San Francisco, na Califórnia, começou a doar vinhos em restaurantes, recentemente. Ela prefere ficar anônima.
A milionária, que fez fortuna na área de TI, visita cerca de 10 restaurantes por fim-de-semana, acompanhada de seu motorista. Sua idéia é continuar até o dia dos namorados (no caso dos americanos, será no dia 14 de fevereiro).

Alguns donos desses restaurantes visitados até tentaram entrar na brincadeira, sugerindo que a milionária não pagasse os vinhos enviados às mesas. Mas ela fez questão de pagar.

Em entrevista à rede ABC News, ela revelou: "Estou apaixonada por esta comunidade. Sou muito grata por viver aqui.". Até agora, foram 75 garrafas, ao custo de mais de 4 mil dólares.

Juntamente com a garrafa, a milionária envia uma pequena carta, pedindo que a forma de os felizardos agradecerem é twitar (não este verbo não existe) #SecretSomm e @VisitTriValley.
Se você quiser ver mais, visite o Twitter da milinoária: https://twitter.com/SecretSommCA

Fonte: ABC News

domingo, 8 de fevereiro de 2015

VINOPOLIS fechará suas portas

Em junho de 2012, tive a oportunidade de conhecer a VINOPOLIS, em Londres. Na ocasião, cheguei a publicar uma coluna em jornais sobre a visita. Vi, no site da revista DECANTER, que a VINOPOLIS fechará em 31 de dezembro de 2015. Portanto, se você for a Londres ainda neste ano, ainda poderá conhecer!

Confira alguns trechos da coluna que publiquei em 2012:

Fui lá ainda que não estivesse acontecendo um evento específico. Fiz o roteiro padrão deles, com direito aos vinhos "normais", "premium", champagne e até whisky – não gosto mesmo de whisky, apesar de ter gostado muito de Edinburgh, que também visitei.

Ao chegar lá, você pode optar por diversos tipos de "passeios". De início, há uma pequena aula sobre como degustar vinhos. Algo bem básico, mas que atende perfeitamente seu propósito. Depois dessa breve aula, você segue para a prova de vinhos. De acordo com sua escolha, eles lhe dão um cartão, do qual você destaca tíquetes. Com esses tíquetes, é possível provar vinhos em diversas mesas. Há vinhos de vários países. Inglês mesmo, só provei um branco chamado Ashcombe Hill 2010, da vinícola Denbies, que era o único "nacional" disponível. Bem cítrico, interessante. Confesso que fiquei um pouco decepcionado com o fato de não haver outros vinhos ingleses para provar.
Por falar em vinho nacional, a "Wines of Brazil" está por lá, divulgando os vinhos brasileiros. Há um painel, que conta com a exibição de contínua de um vídeo mostrando a produção de vinhos por aqui. 
À disposição para provar, apenas um: o Concentus 2005, um vinho feito com Cabernet Sauvignon, pela Pizzato, na Serra Gaúcha. Um fato digno de nota é que esse vinho estava na mesa de vinhos “premium”.
Mas a Pizzato não era a única representante gaúcha. Uma simpática portoalegrense chamada Josiê, radicada há oito anos em Londres, servia os bons champagnes Nicolas Feuillatte. Dois não safrados, sendo um branco e outro rosé. Bem leves.  Mais denso, o safrado 2004 mostrou um bom corpo. 
Provei um vinho tinto búlgaro que me agradou. Trata-se do Mammuth 2003, da região de Assenovgrad, feito com as uvas Mavrud, Rubin e Cabernet Sauvignon. O estágio por madeira já não estava tão evidente, graças à evolução decorrente dos anos que o vinho passou na garrafa. Também provei vinhos da França, África do Sul, Itália e de outros países, mas nenhum digno de nota.  
Em suma: VINOPOLIS é um nome um tanto pretensioso para o que se oferece. Mas vale a visita!

sábado, 7 de fevereiro de 2015

sábado, 31 de janeiro de 2015

Rótulos com um algo a mais!

Tradicionalmente, os rótulos das garrafas de vinho são feitos com papel. Mas já há algumas empresas, como a Monvera Glass Décor, que levam a ornamentação das garrafas a um nível muito superior.

Confira alguns exemplos:


Fotos: Monvera e Wine Industry Advisor

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

domingo, 25 de janeiro de 2015

Mapa mundial do consumo de bebidas alcoólicas

Baseado em dados da Organização Mundial da Saúde, mapa revela a preferência do consumo de bebidas alcoólicas em diversos países. A divisão foi feita em vinho, cerveja e destilados. As médias informadas são semanais.

O Brasil, com já era de se esperar, tem um consumo inexpressivo de vinho, com a cerveja liderando com folga (1651ml), seguida pelos destilados (126ml). O vinho fica com apenas 47ml. Veja:

Os hermanos argentinos, por sua vez, tem um consumo de vinho bem superior ao nosso:

A liderança, em matéria de vinho, é francesa:

Se você quiser conhecer os dados de outros países, clique aqui para acessar o mapa interativo!

Vi essa dica no Twitter da Bourgogne Live.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Piper-Heidsieck é o novo Champagne oficial do OSCAR

A casa de Champagne Piper-Heidisieck anunciou um acordo, válido por 3 anos, em que será a fornecedora oficial da bebida para o OSCAR, o famoso prêmio concedido pela Academy of Motion Picture Arts and Sciences, em Hollywood.

Antes da cerimônia do Piper-Heidisieck, serão servidos dois Champagnes da casa: Cuvée Brut e Rosé Sauvage.

Mas a cereja do bolo virá depois, na festa de comemoração que ocorre após a cerimônia, na Governors Ball: nada menos que o RARE. 

Já tive oportunidade de provar esse Champagne fantástico numa degustação em Paris! Espetacular desde a embalagem!

Fonte e foto da Brut: PRNEWS

domingo, 18 de janeiro de 2015

Qual é a margem do restaurante? Conheça o Raisinable!

Um aplicativo para celulares, lançado recentemente, traz uma proposta interessante: saber qual o "markup", ou seja, a margem que o restaurante cobra em comparação com o preço de mercado do vinho. 

Esse tema, que já rendeu muita polêmica - não só aqui no Brasil, mas mundo afora -  está longe de  caminhar para um consenso.

E esse aplicativo coloca o dedo na ferida. O Raisinable compara o preço dos vinhos em diversos restaurantes de Londres e Nova Iorque com os valores de mercado, usando como base de dados o consagrado Wine-Searcher, o site que é, atualmente, a grande referência mundial de preços de vinhos. 

O aplicativo coloca o percentual de margem utilizada pelo restaurante em cada um dos seus rótulos. 

Pode-se verificar as variações dentro da carta de um mesmo estabelecimento:



Naturalmente, esses percentuais podem ser objeto de questionamento. Como o aplicativo usa o preço de mercado, ou seja, o preço final para o consumidor, a margem do restaurante pode ser ainda maior, pelo fato de que, normalmente, o estabelecimento paga um valor menor do que o consumidor.

De qualquer modo, é uma idéia interessante! Baixe o aplicativo na App Store, gratuitamente, para iPhone e iPad por meio deste link.

Aliás, temos algo semelhante, relativa ao preço das importadoras aqui no Brasil, feita pelo amigo Oscar Daudt. A última foi feita em agosto e você pode conferir clicando aqui.

sábado, 17 de janeiro de 2015

Château La Bécade 1976

Hoje, resolvi abrir uma garrafa que comprei numa viagem a Paris. Trata-se do Château La Bécade 1976. E é justamente a safra que me fez adquirir essa garrafa. Não por acaso, trata-se do meu ano de nascimento! 

Como já era de se esperar, podia-se ver, ainda com a garrafa fechada, muito sedimento. Tal como já fiz em outras oportunidades, deixei a garrafa em pé por alguns dias. Neste caso, ficou na adega do Restaurante Dom Francisco, da 402 sul, em Brasília. Aliás, foi ali que provei o vinho. 

A rolha não estava colaborando e foi um tanto complicado retirá-la da garrafa, tarefa muito bem desempenhada pelo sommelier da casa, Joaldo Lima, ladeado pelo seu colega Fabiano Lopes. Mesmo com o rompimento, não houve sequer uma partícula sobre o vinho!

Passando o vinho ao decanter, ele se mostrou bem límpido e brilhante - sinal de que a providência de deixar a garrafa em pé foi eficiente para deixar os resíduos no fundo.

Com o vinho já na taça, pode-se verificar que os aromas estavam um tanto fechados. Em compensação, não revelou notas de oxidação, indicando que se podia esperar um vinho ainda vivo na boca (algo que a aparência também sugeria). De fato, na boca, ainda revelava acidez e taninos equilibrados.

O vinho não mostrou grande complexidade, mas se revelou muito agradável e serviu para provar mesmo um Bordeaux simples pode resistir ao tempo com elegância e proporcionar muito prazer, mesmo sendo quase um quarentão! 

sábado, 10 de janeiro de 2015

Teste seus conhecimentos! Jogo grátis da WSET para iPhone e Ipad

A edição de fevereiro de 2015 (sim, ela já está disponível) da revista britânica DECANTER trouxe algumas dicas de aplicativos para smartphones ligados ao vinho. Um bem interessante consiste no WSET Wine Game. 

O objetivo do jogo é que você identifique país, região e sub-região de origem de cada rótulo.


Uma boa notícia: você não paga nada pelo jogo. Basta clicar aqui e baixar no iTunes. Divirta-se!


A má notícia (para quem não usa os dispositivos da Apple): por enquanto, só está disponível para iOS, ou seja, para iPhone e iPad.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Nova tabela de safras da Mistral

Recebi, há algumas horas, um e-mail de Boas Festas da Importadora Mistral. Nele, havia um link direcionado à nova versão da tradicional tabela de safras que eles oferecem aos consumidores. Também há uma pequena tabela de temperatura de serviço de vinhos.

Resolvi compartilhar aqui, pois acho bem útil! Esta versão é feita para ser impressa, mas você pode usar o arquivo .pdf, caso prefira ter em meio digital. Clique aqui para baixar!


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Grande Prova de Vinhos Brasileiros

ENCERRADA A MAIOR PROVA DE VINHOS BRASILEIROS 

Chega ao final a maior prova de vinhos do  Brasil reunindo grandes experts e surpreendendo pela qualidade aferida


A Grande Prova Vinhos do Brasil, maior degustação às cegas de vinhos brasileiros aconteceu durante os dias 08 e 12 de dezembro no Rio de Janeiro, com curadoria do expert Marcelo Copello, e um corpo de jurado altamente qualificado. A prova, que chega à sua quarta edição, reuniu cerca de 700 vinhos que foram avaliados em 22 categorias, das quais sairá a classificação dos melhores vinhos do Brasil disponíveis no mercado. Este ano o evento contou com a presença de renomados jurados de fora do país, como João Pires, escanção português, o único Master Sommelier de língua portuguesa, que destacou a qualidade dos espumantes Bruts avaliados e sua surpresa com os Merlot; " Os espumantes confirmaram ser o que há de melhor no Brasil e os Merlots foram uma bela surpresa". 

O júri, era ainda composto por profissionais de vários estados, contando com representantes do comitê técnico o Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN), parceiro do evento, da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), de jornalistas especializados e de sommeliers premiados.

Gilberto Pedrucci, presidente do Sindivinho e também membro do Juri, destacou a importância do evento para o setor “é um evento importantíssimo para divulgação do vinho brasileiro, colocando a prova a qualidade que certamente existe em todo segmento”

 “O melhor desta iniciativa é seguir acompanhando o crescimento qualitativo dos vinhos brasileiros, surpreendendo até mesmo os colegas jurados e poder apresentar ao mercado um resultado expressivo, confiável,  que encanta a todos”, relata Sergio Queiroz, um dos organizadores do evento. 


Um ponto de destaque a encantar a todos foi o cenário deslumbrante da praia de Copacabana, vista das janelas dos salões do Rio Othon Palace Hotel onde aconteceu o evento. 


Um filme sobre o evento pode ser visto no link: https://www.facebook.com/riowineandfoodfestival

Conheça as categorias que serão avaliadas:

1. ESPUMANTE BRUT BRANCO
2. ESPUMANTE BRUT ROSÉ
3. ESPUMANTE EXTRA-BRUT, NATURE BRANCO
4. ESPUMANTE PROSECCO/GLERA
5. ESPUMANTE MOSCATEL BRANCO
6. ESPUMANTE DEMI-SEC, BRANCO
7. ESPUMANTE MOSCATEL E DEMI-SEC ROSÉ
8. BRANCO CHARDONNAY
9. BRANCO SAUVIGNON BLANC
10. BRANCO GEWURZTRAMINER
11. BRANCO MOSCATO
12. BRANCO DE OUTRAS CASTAS E CORTES BRANCOS
13. TINTO CABERNET SAUVIGNON
14. TINTO MERLOT
15. TINTO TANNAT
16. TINTO PINOT NOIR
17. TINTO CABERNET FRANC
18. TINTO MARSELAN
19. TINTO DE OUTRAS CASTAS
20. CORTES TINTOS
21. ROSÉS
22. DOCES E FORTIFICADOS

O Anuário Vinhos do Brasil 2015 é uma publicação bilíngue, editada em parceria entre o grupo Baco Multimídia e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), trazendo um panorama completo da indústria do vinho brasileira, das regiões produtoras, dos vinhos, do enoturismo,  sendo hoje a principal referência editorial do setor, seja no Brasil ou no exterior, onde é distribuído em mais de 100 postos e embaixadas pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE)

Os jurados:

  1. Marcelo Copello, predidente do juri (Grupo BACO Multimídia)
  2. João Pires, Master Sommelier português
  3. José Santanita, escanção português da empresa Wine Senses 
  4. Ricardo Farias, presidente da ABS Rio
  5. Deise Novakoski, sommelier e colunista de O Globo
  6. Celio Alzer, consultor do supermercado Zona Sul
  7. Gilberto Pedrucci, presidente do Sindivinho.
  8. André Peres Jr., enólogo e representante do comite técnico do Ibravin
  9. Valdiney Ferreira, coordenador do curso Negócios do Vinho da FGV
  10. Éder Heck, sommelier e gerente do restaurante Mr Lam.
  11. Homero Sodré, consultor de vinhos
  12. Jô Sodré, professora de vinhos do SENAC
  13. Paulo Prado, sommelier
  14. Roberto Rodrigues, ABS Rio
  15. Paulo Decat, diretor de degustação da ABS Rio
  16. Sergio Cardoso, ABS Rio e autor do software Adegas & Vinhos
  17. Sergio Queiroz, (Grupo BACO Multimídia)

  18. Auditor: Darci Dani, do comitê técnico do Ibravin.

    Baco Multimídia: www.bacomultimidia.com.br